FECHAR
Logo
Pedro Xavier 10 Jul 2020

VN Cerveira Investe 100 mil euros retira ATL de cave deteriorada

Concretizadas todas as exigências emanadas pela Segurança Social, e após um investimento de cerca de 100 mil euros suportado na totalidade pelo orçamento municipal, o ATL de Lovelhe já está a funcionar, desde o dia 26 de junho, no edifício da antiga escola primária da freguesia, alvo de uma profunda requalificação, deixando para trás uma cave deteriorada, com pouca iluminação solar e com um índice de humidade elevado.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Ao longo de 20 anos, o ATL Lovelhe desenvolveu a sua oferta lúdico-pedagógica num espaço que, apesar dos inúmeros esforços e das várias adaptações de que foi alvo, sempre se revelou pouco adequado para a dinâmica das atividades propostas. Neste sentido, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, em sintonia com a União de Freguesias de Cerveira e Lovelhe, avançou com uma intervenção maior do que inicialmente previsto, isto é, alargada no tempo com a execução de duas fases, e mais onerosa para os cofres municipais correspondente a 100 mil euros, mas essencial para o bem-estar das crianças e responsáveis pelas atividades dinamizadas ao longo do período de férias letivas.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, para além de garantir uma sede de trabalho, esta intervenção pretende dar continuidade à política do executivo em privilegiar a ocupação de edifícios existentes com novas funções, devolvendo a utilidade pública ao património municipal, preservando os elos afetivos com a comunidade envolvente. “Congratulo-me com esta concretização, pois já era um anseio do Município expresso há vários anos, difícil de realizar por várias vicissitudes que ultrapassaram sempre o âmbito da autarquia, mas que, com insistência e persistência, alcançou um final feliz”, afirma Fernando Nogueira.

Em 2017, executou-se a 1ª fase que consistiu na necessidade de dotar o antigo edifício escolar de segurança, salubridade, conforto e estética compatíveis com o enquadramento legal e normativo aplicável a espaços para acolher crianças. A 2ªfase, concretizada em 2019 e 2020, resultou das condicionantes dos pareceres de entidades como a Segurança Social, a ANPC e a ULSAM, com a realização de trabalhos ao nível da alteração da arquitetura dos espaços e nas especialidades de betão armado, águas e esgotos, eletricidade, sistema de deteção e alarme de incêndios, ITED e segurança contra incêndios.

Dinamizada pela Associação de Pais da Escola Primária e Infantil de Lovelhe (APEPIL) e pelo Centro Social Paroquial de Lovelhe, a valência de ATL naquela freguesia funcionava, há mais de duas décadas, numa cave do edifício sede da Junta de Freguesia.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts