FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 01 Set 2020

Associação Juvenil de Deão promove Campo de Trabalho Internacional

A Associação Juvenil de Deão – AJD, em parceria com a associação famalicense YUPI, promove em Viana do Castelo o Campo de Trabalho Internacional "Transition Portugal", financiado pelo IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Em Viana do Castelo, este grupo de 17 jovens encontra-se até à próxima quinta-feira a realizar trabalhos de remoção de espécies invasoras, criando melhores condições para a sobrevivência de espécies nativas, na Foz da Ribeira de Anha (Praia Eemiana do Rodanho), local classificado como Monumento Natural do Concelho de Viana do Castelo.

Este Campo de Trabalho tem como principal parceiro a Câmara Municipal de Viana do Castelo e conta, ainda, com a colaboração da Junta de Freguesia de Vila Nova de Anha, que também recebeu o grupo e o acompanhou no primeiro dia de trabalho, do Surf Clube de Viana, da Carpintaria Jorge & Jorge (em Vila Nova de Anha) e da Junta da União das Freguesias de Geraz do Lima e Deão.

Sobre o Campo de Trabalho Internacional – Transition Portugal

A preocupação com o meio ambiente e com o impacto da atividade humana no planeta ganharam uma proporção cada vez maior nas últimas décadas. Impõe-se a adoção de atitudes responsáveis para com o meio ambiente no caminho da sustentabilidade ambiental. O projeto Transition Portugal é uma atividade de intervenção, que desafia simultaneamente os/as participantes e as comunidades locais a tomarem parte ativa nesta responsabilidade que é de todos/as.

O objetivo é fomentar o conhecimento e intervenção dos/as participantes em questões de alterações climáticas através de duas grandes atividades: o apoio na preparação de um Centro Comunitário para a Transição, parte integrante do Movimento de Transição (https://transitionnetwork.org/); e a remoção de espécies invasoras, criando melhores condições para a sobrevivência de espécies nativas.

Durante estas duas semanas, os/as voluntários/as têm a oportunidade de participar ativamente na regeneração destas duas cidades portuguesas (Famalicão e Viana do Castelo), contribuindo para os seus programas de preservação ambiental. Os/as participantes também têm a oportunidade de participar em atividades lúdicas.

Entre os dias 24 de agosto e 4 de setembro de 2020, Famalicão e Viana do Castelo acolhem 17 participantes de diferentes nacionalidades, com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts