FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Rádio Geice 06 Out 2020

António Costa afirma que atividade cultural não pode parar mesmo em pandemia

O primeiro-ministro afirmou que a atividade cultural em Portugal "não pode parar", devendo prosseguir adaptada aos constrangimentos provocados pela pandemia de covid-19, e defendeu a criação de uma rede de municípios ao nível da arte contemporânea.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

António Costa falava nos jardins de São Bento, na residência oficial do primeiro-ministro, após ter inaugurado a exposição de obras de arte contemporânea de artistas portugueses da Coleção Figueiredo Ribeiro, durante uma sessão que contou com a presença do presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, e da ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, ex-autarca neste concelho do distrito de Santarém.

António Costa defendeu que a cultura “tem de continuar, não pode parar, apesar das circunstâncias” atuais de pandemia de covid-19.

“Não podemos fazer a inauguração com as portas abertas ao público, tivemos de fazê-la de forma mais contida, com grupos mais pequenos. Mas, como em tudo o resto na vida, não podemos parar, temos de continuar, embora adaptados a esta realidade que temos de enfrentar”, reforçou.

Neste contexto, o primeiro-ministro elogiou o investimento que tem sido realizado por muitas autarquias “na aposta no trabalho cultural”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts