FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 05 Out 2020

Apresentado último texto de D. Anacleto Oliveira enquanto bispo de Viana do Castelo

Decorreu no Centro Pastoral Paulo VI, em Darque, o lançamento do novo ano pastoral da Diocese de Viana do Castelo, na presença do clero diocesano e dos representantes dos vários movimentos e departamentos, inaugurando um triénio pastoral dedicado à pastoral Juvenil, com a apresentação da carta “Jovem, levanta-te e vamos! (em situação de pandemia)”, último escrito de D. Anacleto enquanto bispo de Viana do Castelo.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No momento em que a Diocese de Viana vive em sede vacante, dado o recente e inesperado falecimento de D. Anacleto Oliveira, foi lançando o novo ano pastoral, através da apresentação do calendário diocesano e da carta pastoral, ambos já terminados e aprovados a quando da morte do Bispo Diocesano. Neste sentido, Monsenhor Sebastião Pires Ferreira, na oração inicial que ritmou os momentos que se seguiram, afirmou que, “apesar de ser um momento em que [enquanto Igreja Diocesana] choramos, é, igualmente, ocasião para entrarmos na porta grande da esperança”. “Vamos lançar o ano pastoral, para que a Diocese não pare e, ultrapassando as atuais circunstâncias, esteja verdadeiramente unida, quando nos for dado o sucessor de D. Anacleto”, acrescentou, depois de convidar todos os presentes a ser uma bênção para os irmãos, retomando a figura de Abraão e a passagem da carta de S. Paulo aos Romano, onde o mesmo afirma “Bendizei aqueles que vos perseguem”.

Com efeito, procedeu-se, em seguida, à distribuição e análise do calendário diocesano, salvaguardando-se as alterações necessárias em consideração com os diversos aspetos desafiadores da realidade presente. No entanto, reforçou-se a intenção prévia de D. Anacleto, que pretendia inserir este ano como modo de começar um triénio pastoral dedicado à pastoral juvenil, com vista a uma preparação mais intensa rumo às Jornadas Mundiais da Juventude em 2023.

Em seguida, Pe. Vasco Gonçalves, antigo secretário de D. Anacleto, apresentou o texto, que serve com carta pastoral para o presente ano, e que usa o título: Jovem, levanta-te e vamos! (em situação de pandemia), destacando a presença da figura mariana ao longo do texto. “Retomando o texto da assunção, lema da JMJ do Panamá, a carta de D. Anacleto, faz a ponte com o texto da visitação, lema da JMJ de Lisboa”, afirmou. Nesta linha, salientou que este primeiro ano seria dedicado à descoberta e redescoberta de vocação cristã de cada um(a), conforme o antigo Bispo deixou expresso logo no início do texto, aproveitando ainda para focar as mudanças de paradigma, em particular no campo da pastoral catequética e juvenil, que a carta pastoral lança à reflexão dos diocesanos, em linha com o magistério do Papa Francisco, nomeadamente em relação à inserção comunitária dos jovens e ao recurso aos seus ambientes como modo de evangelização. “Os jovens são, muitas vezes, os melhores evangelizadores de outros jovens”, conclui.

A carta pastoral, “Jovem, levanta-te e vamos! (em situação de pandemia)”, tinha sido assinada por D. Anacleto no dia 15 de Agosto, a quando do aniversário da sua ordenação presbiteral e entrada na Diocese de Viana do Castelo e estava pronta para publicação a quando da sua morte. Como destaca Monsenhor Sebastião Pires Ferreira, administrador Diocesano, numa nota introdutória ao texto, “à maneira de um último legado, de um verdadeiro testamento, a atual Carta Pastoral, ainda que, através da frescura e fecundidade que exibe e deixa transparecer, se dirigida às gerações jovens, como um subsídio de preparação para a próxima Jornada Mundial da Juventude, em Lisboa, ela dirige-se a todos e para todos os diocesanos, apontando e perseguindo o futuro”.

Por fim, o momento foi encerrado com a oração que, durante os três anos de comemoração jubilar da Diocese de Viana do Castelo, foi usada nas várias paróquias da Diocese e onde se pede que esta seja “jovem e bela, livre, fiel, e cheia de amor”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts