FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Rádio Geice 22 Out 2020

Requalificação de 4ME de zona industrial em Viana do Castelo lançada a concurso

A Câmara de Viana do Castelo aprovou, hoje, por unanimidade, a abertura de um concurso público para uma empreitada de quatro milhões de euros de requalificação do espaço público da zona industrial de Neiva.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A decisão foi tomada em reunião ordinária do executivo municipal e prevê “a ampliação e requalificação da segunda fase da zona industrial de Neiva, implicando novas acessibilidades e novas infraestruturas de água, saneamento, gás e fibra ótica”.

A empreitada “implica ainda a criação de áreas de apoio ao estacionamento e nova sinalética”, bem como “melhorar as condições das empresas instaladas na Zona Industrial de Neiva e favorecer a instalação de novas empresas no local”.

O executivo municipal adjudicou também, por unanimidade, por mais de 1,4 milhões de euros, a construção de uma passagem inferior à linha ferroviária do Minho, na freguesia de Carreço, a iniciar até final do ano.

À Lusa, o vereador das Obras Públicas, Vítor Lemos adiantou que o contrato hoje aprovado “está em apreciação no Tribunal de Contas, sendo expectável que o arranque das obras possa ocorrer no próximo mês de dezembro , na pior das hipóteses em janeiro de 2021”.

A obra “pretende dar resposta às necessidades de mobilidade da freguesia de Carreço, nomeadamente aos utilizadores da Rua das Cachadas”.

A empreitada “implica a criação de arruamentos, pavimentos e sinalização da Passagem Inferior (PI) Rodoviária para supressão da atual passagem de nível ao quilómetro 87+602 da Linha do Minho”.

De acordo com o responsável, a intervenção “inclui trabalhos como demolições e movimento de terras para criação das plataformas, pavimentações, águas pluviais e sinalização adequada”.

“O perfil transversal da passagem inferior terá uma faixa de rodagem com duas vias de trânsito, sendo uma para cada sentido. A faixa terá 5,50 metros, acrescida de valetas com 0,60 metros de cada lado, sendo que, cada via terá 2,75 metros. Do lado sul da faixa de rodagem está prevista a execução de um passeio com 1,50 metros. O ‘gabarit’ rodoviário garante uma altura livre mínima em toda a faixa de rodagem de 4,00 metros, medida entre a rasante da rodovia e a face inferior do tabuleiro”, especifica o projeto.

A obra foi lançada a concurso público em maio e adjudicada hoje por 1,473,393 euros, com prazo de execução de 180 dias.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts