FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 04 Ago 2021

Volta a Portugal: Rafael Reis é o primeiro a vestir Amarelo

Rafael Reis venceu o Prólogo em Lisboa e é o primeiro Camisola Amarela Santander. O corredor da Efapel completou o contrarrelógio em 6:10 minutos. O colega de equipa, o uruguaio Mauricio Moreira, ficou na segunda posição, a 11 segundos. Com o mesmo tempo de Moreira ficou o espanhol da Movistar, Luis Mas.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Nos 5,4 quilómetros do Prólogo de Lisboa ninguém se aproximou da exibição de Rafael Reis. O ciclista da Efapel confirmou a aptidão para este tipo de exercício, sendo ele um contrarrelogista por excelência. Reis deixou a concorrência a 11 segundos, sendo um companheiro de equipa, o uruguaio Mauricio Moreira, e Luis Guilhermo Mas (Movistar) quem mais se aproximou do registo que valeu a primeira liderança da prova.

O vianense Iúri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua), que se estreou na “Grandíssima” foi quem marcou o melhor tempo de entre os ciclistas da sua equipa. Leitão, dadas as suas características, era um ciclista que se adaptava ao percurso de hoje e não defraudou as expectativas. O jovem de Viana do Castelo partiu bem e conseguiu sempre imprimir um ritmo muito forte que o permitiu fechar com um bom registo, 6m39s, em 39º lugar, ainda assim longe do tempo canhão de Rafael Reis que completou os 5,4 quilómetros em 6m10s.

Outro dos vianenses em prova, César Fonte (Kelly-Simoldes-UDO) fez 6m43s e foi 56º classificado.

Partida em Torres Vedras para Lembrar Agostinho

A primeira etapa em linha começa esta quinta-feira no concelho que viu nascer a figura, desaparecida em 1984, e que ainda hoje é considerada o melhor ciclista português de sempre. Torres Vedras rende-lhe homenagem, chamando o pelotão da Volta e abrindo as portas, pela primeira vez, do Museu de Ciclismo Joaquim Agostinho para evocar o célebre torriense. Toda a caravana está convidada para esse momento, que acontece às 11h.

Neste segundo dia de competição, com início em Torres Vedras, serão percorridos 175,8 quilómetros a partir das 12h45. A Avenida Luísa Todi, em Setúbal, aguarda a chegada do pelotão, depois da desgastante passagem na Serra da A.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts