FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Rádio Geice 24 Set 2021

Autárquicas: Cláudia Marinho diz que “é necessário apoiar pequenos comerciantes e empresários por um futuro de confiança em Viana do Castelo”

A cabeça de lista da CDU à Câmara de Viana do Castelo diz que é necessário "apoiar pequenos comerciantes e empresários, por um futuro de confiança em Viana do Castelo".

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

No último dia de campanha, a candidata comunista deixou uma mensagem ao eleitorado.

“O concelho de Viana do Costelo, com enormes potencialidades decorrentes da sua localização,  das suas gentes e dos seus agentes económicos, confirma ter bloqueios decorrentes de décadas  de políticas que têm vindo a acentuar desigualdades, com reflexos profundos no tecido  económico do concelho onde proliferam a micro, pequenas e médias empresas. 

Só quem não conhece a realidade concelhia é que poderá ficar surpreendido com a situação de  grande aflição por que passam muitos milhares de pequenos empresários e as suas famílias. O  surto epidémico veio expor ainda mais e de forma brutal, as muitas fragilidades e problemas,  com muitos desses empresários a ficarem sem qualquer rendimentos face à suspensão das suas  atividades, encerramento ou delimitação dos espaços onde as desempenhavam, ou ainda pelo  desaparecimento ou significativa redução da procura e de clientes. 

Tanto a Câmara como o Governo efectivamente avançaram com algumas medidas de apoio aos  PME, mas que se confirmaram claramente insuficientes e limitadas, deixando mesmo de fora  muitos dos que precisavam de apoio para assegurar a sobrevivência das suas famílias e dos seus  pequenos negócios. 

Se é verdade que, como a CDU tem afirmado, o governo não pode usar os recursos que o País  para defender os lucros e privilégios dos grandes grupos económicos, também é verdade que a  Câmara Municipal de Viana do Castelo pode e deve fazer muito mais pela actividade económica  e o apoio aos PME, protegendo-os e assegurando uma estratégia de apoio e fixação. 

É indispensável e urgente a definição de medidas de apoio às microempresas de natureza  familiar e empresários em nome individual ou trabalhadores por conta própria, muitas com  situações informais, vivendo de vários trabalhos parciais à comissão, da mediação, ocupados  em serviço de proximidade, da construção civil à limpeza, do comércio local aos feirantes, dos  explicadores às pequenas oficinas de reparação automóvel, entre tantos e tantos outros que  não podem continuar a esbarrar na burocracia da Câmara ou na falta de medidas de apoio a  este sector.

Por isso, a CDU/Viana do Castelo defende: 

  • Medidas de formação e apoio à qualificação da oferta comercial procurando uma  progressiva fidelização dos consumidores ao comércio local.
  • Criação do “Programa de Apoio à Produção e Comércio Local” que assegure que a  autarquia e serviços municipais concentram nos produtores e empresários locais na  aquisição de todos os serviços e produtos que a realidade permita, designadamente  reparação automóvel; economato e compras diversas; abastecimento de cantinas e  refeitórios.
  • Suspensão da cobrança das taxas de ocupação de via pública (esplanadas) até ao final  de 2022;
  • Criação de um plano de capacitação e modernização das zonas industriais com base  na receita da derrama.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts