FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Rádio Geice 26 Nov 2021

“De Repente, Canta a Gente” encerra com concerto que reúne Cantadores ao Desafio de todo o país

O Centro Cultural de Viana do Castelo vai ser palco, este sábado, dia 27 de novembro, de uma conferência repentista que vai juntar os mais conceituados especialistas nacionais da arte do Canto ao Desafio. Provenientes de Norte a Sul do país, incluindo ilhas.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Nomes como Augusto Canário, José Machado, David Martins, Américo Silva, José Santos, Roberto Moniz e Pedro Mestre, vão abordar, o presente e o futuro, desta técnica de canto ao improviso, considerada património cultural imaterial da região do Alto Minho assim como o seu impacto junto da população e da comunidade escolar.

No mesmo dia e local, às 21h30, vai decorrer o concerto final da iniciativa “De Repente, Canta a Gente”, que juntará em palco perto de 30 músicos e uma centena de jovens estudantes que ao longo do último ano aprenderam a compor e a cantar à Desgarrada.

A iniciativa que com estes dois eventos chega ao fim, consistiu num programa inédito de captação de talentos, que pretendeu divulgar e ensinar aos jovens do Alto Minho esta forma de canto tradicional. No total, a atividade envolveu mais de 400 jovens que aceitaram o desafio de aprender as técnicas desta arte (também designada por Desgarrada), tendo sido alvo de ações de capacitação, lideradas pelo cantador Augusto Canário.

Cerca de 200 alunos passaram à fase de concertos em tour tendo tido a oportunidade de mostrar publicamente aquilo que aprenderam em 10 concertos nos 10 municípios do Alto Minho.

O projeto foi promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e cofinanciado pelo Norte 2020 – Programa Operacional Regional do Norte, através do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional).

A sua dinamização englobou os municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira.

Recorde-se que este projeto teve início em dezembro de 2020, tendo sido realizadas 58 ações de capacitação junto das comunidades escolares e culturais dos 10 municípios da região. Foram mais de 400 jovens do Alto Minho, na sua maioria alunos do 5º e 6º anos de escolaridade, que participaram nestas ações de capacitação, onde tiveram a oportunidade de aprender as principais características daquele que é um dos principais ícones do património cultural imaterial do Alto Minho: o Canto ao Desafio.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts