FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 12 Nov 2021

Governo canaliza 9,1 milhões de euros para universidades e politécnicos do Norte

O Governo canalizou 9,1 milhões de euros para uma nova linha de apoio dirigida a universidades e institutos politécnicos do Norte do país, anunciou hoje o Ministério da Coesão Territorial.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A verba, de acordo com um comunicado divulgado pelo ministério, visa apoiar Centros de Valorização e Transferência de Tecnologia (CVTT) que integrem uma instituição de Ensino Superior da região na construção ou reabilitação de instalações e na aquisição de equipamentos.

São potenciais beneficiários deste apoio as universidades do Porto, do Minho e de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), bem como os institutos politécnicos do Porto, de Viana do Castelo, do Cávado e do Ave e de Bragança.

Segundo o Ministério da Coesão Territorial, cada instituição pode apresentar, no máximo, uma candidatura, para um valor de apoio até dois milhões de euros.

A taxa máxima de cofinanciamento é de 85% e a verba é proveniente do Programa Operacional Norte 2020/PT2020.

Os Centros de Valorização e Transferência de Tecnologia, segundo foi explicado, “têm como missão apoiar o desenvolvimento de setores emergentes e a utilização de tecnologia nos setores tradicionais da economia, de forma a contribuir para a diversificação e maior competitividade do tecido empresarial”.

“O seu trabalho depende de estreita colaboração e coordenação com outros agentes do território como as empresas, junto das quais dinamizam atividades de investigação, desenvolvimento e inovação, estimulam a procura por novas tecnologias e soluções inovadoras e promovem a formação de recursos humanos altamente qualificados”, acrescentou ainda o comunicado.

O objetivo do apoio é dar “melhores condições” aos centros de valorização para “otimizar a capacidade económica já existente no território, aumentar a oferta científica e tecnológica de excelência e aproximá-la das necessidades das empresas, num contributo para o aumento do valor criado na economia desta região”.

Esta linha de apoio reforça o investimento dos Programas Operacionais Regionais do Portugal 2020 na ciência e nas instituições de Ensino Superior.

O ministério disse que, “no total, com fundos destes programas e do Compete 2020, já foram aprovados investimentos de mais de 1,4 mil milhões de euros em 2.418 projetos de ciência, com apoio de mais de mil milhões de euros de fundos europeus”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts