FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 09 Mar 2022

Concorrência dá ‘luz verde’ a Media Capital para vender 5 rádios a alemã Bauer

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu ‘luz verde’ à venda pela Media Capital das rádios Cidade FM, M80, Rádio Comercial, Smooth FM e Vodafone FM aos alemães da Bauer Media Audio, segundo aviso publicado.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Considerando que não é suscetível de criar entraves significativos à concorrência, a AdC adotou uma decisão de não oposição à operação de concentração que resultou da compra pela Bauer Media Audio Holding GmbH do controlo exclusivo da MCR II – Media Capital Rádios, detida pela MEGLO – Media Global que, por sua vez, é detida pelo Grupo Media Capital.

O acordo para a venda por 69,6 milhões de euros da MCR II – Media Capital Rádios ao grupo Bauer foi anunciado pelo Grupo Media Capital há um mês, em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A Bauer é uma das principais emissoras de rádio comercial e digital da Europ e a MCR representa o principal grupo de rádio a operar em Portugal, detendo a Cidade FM, M80, Rádio Comercial, Smooth FM e Vodafone FM, e ainda 30 rádios ‘online’ e 60 ‘podcasts’.

A Bauer Media Audio Holding GmbH, o novo dono das cinco marcas de rádio, é integralmente detida pela Heinrich Bauer Verlag Beteiligungs GmbH que, segundo o aviso, é a principal emissora de rádio comercial e digital da Europa, com atividade de radiodifusão, rádio ‘online’ e ‘podcasts’, e está presente em oito países europeus.

Na comunicação ao mercado, em 03 de fevereiro, a Media Capital lembrou que a conclusão da venda das rádios estava subordinada ainda a autorização da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, devido à mudança de controlo na MCR II, e estimou que o fecho da transação ocorra até ao final de junho próximo.

A venda das rádios resulta numa mais-valia nas contas consolidadas da Media Capital, estimando o grupo de Mário Ferreira “um valor próximo” de 50 milhões euros, “que poderá ser corrigido em função dos ajustamentos no fecho da transação”.

O grupo português, nesse comunicado, explicava ainda que as rádios são um negócio “maduro dentro do universo da Media Capital” e que esta venda pretende “acelerar o desenvolvimento das áreas de produção audiovisual e digital”.

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts