FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 13 Abr 2022

Benfica vai lutar pelas meias-finais da Liga dos Campeões em Liverpool

O Benfica tem hoje uma tarefa ‘hercúlea’ para se apurar para as meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, tendo para isso de contrariar o favoritismo e a vantagem do Liverpool na segunda mão dos quartos de final.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Para chegarem à fase seguinte, algo que não acontece há mais de 30 anos (desde 1989/90, então na Taça dos Campeões Europeus), os ‘encarnados’ têm de vencer em Anfield Road por três golos de diferença, face à derrota averbada na primeira mão, no Estádio da Luz (3-1), sendo que um triunfo por dois golos de diferença empatará a eliminatória e levará o encontro para prolongamento.

A tarefa não é impossível, mas andará perto disso, tendo em conta não só o poderio da formação inglesa, que conta com o internacional português Diogo Jota, mas também o facto de os ‘reds’ – que vêm de um empate com o Manchester City (2-2), na Premier League – apenas terem perdido uma vez em casa na presente temporada e pela margem mínima (1-0), com o Inter Milão, na segunda mão dos ‘oitavos’.

Depois de ter vencido o Belenenses SAD (3-1) para o campeonato, no sábado, o Benfica sonha agora ultrapassar uma fase em que caiu em 1994/95, 2005/06, 2011/12 e 2015/16, restando-lhe tentar replicar a visita de 2006 a Anfield Road, quando venceu por 2-0 e eliminou o então campeão europeu, nos oitavos de final.

As ‘águias’ estarão privadas de Rafa, que ficou de fora das opções devido a problemas físicos, o que faz com que as atenções estejam quase exclusivamente viradas para o uruguaio Darwin Núñez, melhor marcador da equipa (31 golos, em 36 partidas) e autor de cinco tentos na prova ‘milionária’, um dos quais precisamente no duelo da primeira mão.

Benfica e Liverpool defrontam-se a partir das 20:00 (hora de Lisboa), em Anfield Road, em jogo da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, que será dirigido pelo neerlandês Serdar Gözübüyük.

O vencedor da eliminatória vai defrontar nas meias-finais o Villarreal, que na terça-feira eliminou o Bayern Munique, ao empatar 1-1 na Alemanha, após o triunfo por 1-0 em casa.

À mesma hora, Atlético de Madrid e Manchester City disputam, na capital espanhola, a outra vaga nas ‘meias’, com vantagem para os ‘citizens’, que venceram por 1-0 no primeiro jogo. A equipa que se apurar irá ter pela frente o Real Madrid na próxima fase, uma vez que os ‘merengues’ ultrapassaram o detentor do troféu, Chelsea (vitória por 3-1 em Londres e derrota por 2-3, após prolongamento, em Madrid).

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts