FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 10 Mai 2022

Seleção nacional feminina de voleibol tenta apuramento para a Silver League Europeia em Viana do Castelo

A seleção nacional feminina de voleibol regressou hoje ao trabalho liderada por Hugo Silva, para a fase de apuramento para a Silver League europeia (ESL), que considera que “este pode ser o momento de viragem”.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Na Silver League, Portugal vai enfrentar as seleções da Estónia, sua adversária na edição de 2021, Suécia, que defrontou na fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 2021, Eslovénia e Luxemburgo.

“Num primeiro contacto com algumas atletas, sinto que estão reunidas condições para encararmos as competições em que estamos inseridos de forma confiante e – quem sabe – este poder vir a ser o momento de viragem do voleibol feminino que todos tanto ambicionam”, referiu Hugo Silva.

No âmbito do plano de preparação desta competição, a comitiva lusa parte na quinta-feira para França, onde defrontará a congénere gaulesa, em Rennes, em três jogos de preparação a realizar na sexta-feira, no domingo e em 16 de maio.

“Numa preparação tão curta como a que vamos ter para a Silver League e com atletas ausentes por não terem acabado ainda todas as competições, a opção de jogar será a forma indicada para preparar uma equipa de maneira a apresentar-se nas melhores condições possíveis na competição”, referiu o selecionador.

Para Hugo Silva, que durante vários anos foi o responsável da seleção masculina, “serão três jogos com uma excelente seleção e que irão permitir montar uma equipa para iniciar a nossa desafiante e ambiciosa caminhada no feminino”.

“Neste grupo [da Silver League], o adversário mais difícil será a Suécia, mas a minha preocupação é a nossa seleção e é com as nossas jogadoras que quero deixar algo de positivo no voleibol feminino”, referiu em declarações aos canais de comunicação da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV).

Em 2021, a seleção portuguesa fez história na Silver League europeia ao apurar-se para a ‘final four’ da prova depois de vencer o grupo B de qualificação, em Zenica, com cinco vitórias e apenas um desaire: Estónia (3-2 e 3-1), Letónia (3-0 e 3-0) e Bósnia-Herzegovina (0-3 e 3-1), tendo sido esta última seleção a vencer a ESL 2021.

Como a presente edição da Silver League apresenta apenas um grupo de qualificação, os dois primeiros classificados apuram-se para a final, agendada para 02 de julho. O vencedor qualifica-se para a Golden League europeia de 2023.

O grupo A e único da ESL de 2022 arranca no dia 25 de maio, em Viana do Castelo, com Portugal a receber a Estónia e prolonga-se até 26 de junho.

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts