FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR

Desporto

02 Jun 2022

Portugal vence Eslovénia e sobe a segundo na Silver League de voleibol feminino

Pedro Xavier

Acessibilidade

T+

T-

Contraste Contraste
Ouvir
A seleção portuguesa de voleibol feminino recebeu e venceu a Eslovénia por 3-0, para a terceira jornada da Silver League europeia (ESL), em Viana do Castelo, e ascendeu à segunda posição, com dois triunfos em dois encontros.

Mais fortes na ponta final do primeiro ‘set’, quase sempre equilibrado, as jogadoras lusas dominaram todos os aspetos do segundo e ultrapassaram a desvantagem no arranque do terceiro (8-6) para conquistarem uma vitória pelos parciais de 25-21, 25-14 e 25-22.

Após derrotar a Estónia por 3-2 na primeira ronda, Portugal é segundo classificado na ‘liga secundária’ de seleções da Confederação Europeia de Voleibol, atrás da Suécia, seleção com duas vitórias em duas partidas, mas ainda sem qualquer ‘set’ concedido. As suecas serão as próximas adversárias da equipa das ‘quinas’, no sábado, em Lund, a partir das 14:00 (hora de Lisboa).

No primeiro ‘set’, as duas formações estiveram quase sempre encostadas no marcador, eficazes nos seus ataques, até Julia Kavalenka rematar para o 20-19 favorável a Portugal e impor, doravante, o seu serviço, ora refletido para fora pela receção eslovena, ora direto.

A equipa das ‘quinas’ chegou ao 24-19 e, após dois pontos perdidos, fechou o parcial com um serviço para a rede de Eva Zatkovic.

Os primeiros pontos do segundo ‘set’ indiciavam mais um parcial equilibrado, mas essa hipótese desfez-se com os serviços de Margarida Maia, que transformou a vantagem lusa de 4-3 em 8-3, posteriormente dilatada.

Mais forte no serviço, obrigando a seleção adversária a várias receções defeituosas, no bloco e no ataque, com Gabriela Coelho e Julia Kavalenka a mostrarem acerto no remate, Portugal alcançou uma diferença de 13 pontos (22-9), antes da reação eslovena na ponta final, sem impacto no parcial.

Ao ver a seleção lusa perder por 8-6 no terceiro ‘set’, na sequência de um par de ataques falhados, o selecionador Hugo Silva pediu um desconto de tempo que recolocou as anfitriãs no trilho do parcial anterior, com supremacia clara no serviço, no ataque e no bloco que conduziu ao derradeiro 25-22, fechado com o bloco de Kátia Oliveira, após as dificuldades criadas pelos serviços de Masa Pucelj.

Julia Kavalenka foi a melhor pontuadora lusa, com 20 remates certeiros, seguida de Gabriela Coelho (10), atleta que teve de ser atendida no terceiro ‘set’, após um choque contra um dos postes.

Os dois primeiros classificados no grupo de cinco equipas que constitui a ESL apuram-se para a final agendada para 02 de julho, em local a designar, ganhando a seleção vencedora o acesso à Golden League de 2023 e um prémio de 35 mil euros.

Últimas Noticias

Últimos Podcasts

online casino Portugal