O festival “Viana Bate Forte” está de regresso ao centro histórico de Viana do Castelo | Rádio Geice
FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR

Regional

30 Ago 2022

O festival “Viana Bate Forte” está de regresso ao centro histórico de Viana do Castelo

Rádio Geice

Acessibilidade

T+

T-

Contraste Contraste
Ouvir
O evento que vai decorrer nos dias 16 e 17 de Setembro e foi apresentado na tarde de terça-feira, na Praça da Republica em Viana do Castelo.

O festival Viana Bate Forte está de regresso ao centro histórico de Viana do Castelo nos dias 16 e 17 de setembro, oferecendo duas intensas noites de boa música, com 16 artistas distribuídos por três palcos. Depois de dois anos de interregno devido à pandemia por Covid-19, a Praça da República, a Praça da Liberdade e a Praça da Erva, acolhem a quinta edição do festival de entrada gratuita que promete trazer milhares de pessoas à cidade.

Sexta-feira, dia 16 de setembro, o festival arranca pelas 21h00, na Praça da República, com Nuno Lanhoso. Pelas 22h45, sobe ao palco Samuel Úria e, às 00h30, os vianenses Jarojupe.

Na primeira noite, na Praça da Liberdade, pelas 21h45, atua Gisela João e, às 23h30, Ivandro, seguido de Karetus, pelas 01h15.

Na Praça da Erva, a primeira noite é de The Happy Mess, às 22h30, e Lhast, às 00h45.

A segunda noite, 17 de setembro, arranca na Praça da República com Matay, às 21h00, apresenta Irma, às 22h45, e encerra com Virgem Suta, pelas 00h30.

O Palco da Liberdade conta com Rita Redshoes, às 21h45, Tiago Nacarato, às 23h30, e The Black Mamba, às 01h15.

A Praça da Erva conta, nesta segunda noite, com Ré Menor, às 22h30, e Carolina Torres, às 00h45.

 

O evento, que trouxe, na última edição, em 2019, cerca de 50.000 pessoas à cidade vianense, pretende mostrar o melhor que se faz na música em Portugal, destacando-se pela envolvência e sinergia criada com o centro histórico da cidade, tendo como cenário um património arquitetónico único, com monumentos, igrejas e edifícios centenários, mas também o Rio Lima, o Oceano Atlântico e, claro, todo o património cultural, vitivinícola e gastronómico da capital do Alto Minho.

Últimas Noticias

Últimos Podcasts

online casino Portugal