FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR

Desporto

06 Ago 2022

Scott Mcgill vence 1ª Etapa da Volta a Portugal

Pedro Xavier

Acessibilidade

T+

T-

Contraste Contraste
Ouvir
O corredor da equipa americana foi o mais rápido a chegar à linha de meta em 4h30m28s. Oliver Rees (Trinity Racing) foi segundo e Maurício Moreira (Glassdrive - Q8 - Anicolor) foi terceiro.

Uma queda marcou o final da primeira etapa, deixando na frente um grupo reduzido para discutir a etapa. Apesar do “corte” de tempo na meta, Rafael Reis (Glassdrive-Q8-Anicolor) manteve a camisola amarela. A queda envolveu vários ciclistas e aconteceu nos três quilómetros finais, pelo que não houve perda de tempo para quem esteve envolvido. Até aí a etapa tinha decorrido com relativa tranquilidade apesar das habituais fugas sem grandes consequências antes de o grupo ficar compacto para atacar a linha de meta.

Scott McGill posicionou-se bem nos últimos instantes da chegada a Elvas e com algum à vontade bateu o britânico Oliver Rees (Trinity Racing) e Mauricio Moreira (Glassdrive-Q8-Anicolor). Na declaração do vencedor, os cerca de 38 graus sentidos em alguns momentos da etapa foram uma nota marcante. “Esteve muito calor todo o dia. Os companheiros mantiveram-me hidratados e só tive de sprintar. Estou muito entusiasmado [por ter ganho]”, afirmou o norte americano, McGill.

O português Rafael Reis, vencedor do Prólogo e também colega de equipa de Maurício Moreira, consegue segurar a Camisola Amarela Continente e mantém-se, assim, Líder da Classificação Geral Individual com nove segundos de vantagem. Seguem-se Maurício Moreira e Oliver Rees. Rees é também o melhor jovem na Classificação de Juventude e enverga, assim, a Camisola Bolinhas Europcar.

Com a vitória na etapa de ontem, Scott Mcgill passa a liderar a Geral por Pontos e é dono da Camisola Verde Rubis Gás. Hugo Nunes (Rádio Popular – Paredes – Boavista) é Líder dos Prémios de Montanha. Na Classificação das Equipas, Glassdrive Q8 Anicolor mantém a liderança. Em segundo lugar encontra-se a equipa Efapel Cycling, a 19 segundos.

Mais calor, um pouco mais de montanha e uma chegada já bem conhecida da Volta a Portugal, além da partida em Badajoz, é o que está reservado para este sábado na segunda etapa da 83ª Volta a Portugal Continente, que faz a transição entre o Alentejo e a Beira Baixa.

A meta de mais um dia longo (181,5 quilómetros) estará em Castelo Branco. Haverá três contagens de montanha, todas de terceira categoria: Monte Paleiros (91,1 quilómetros), Serra de São Miguel (145,5) e Retaxo (168,3). As metas volantes estarão em Campo Maior (14,3), Portalegre (83,5) e Vila Nova de Ródão (151,7).

Últimas Noticias

Últimos Podcasts

online casino Portugal