FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR

Regional

14 Nov 2022

Arcos de Valdevez solicitou apoio à Ministra da Segurança Social para melhorar respostas sociais

Pedro Xavier

Acessibilidade

T+

T-

Contraste Contraste
Ouvir
A Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, esteve recentemente em Arcos de Valdevez no âmbito da inauguração da requalificação e ampliação do Lar Residencial para pessoas com deficiência, da Santa Casa da Misericórdia.

Neste ato, o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves, destacou a importância deste equipamento para o concelho, o qual contribui para “aumentar a disponibilidade de cuidados para as pessoas portadoras de deficiência no nosso concelho e região (…) melhorar a qualidade de vida das pessoas e das suas famílias ”, e felicitou a Santa Casa da Misericórdia pela “obra de alargamento do Lar para pessoas portadoras de deficiência, pois permite dar apoio a mais 15 utentes, passando a sua capacidade de 15 para 30”.

A Câmara Municipal apoiou esta obra com o valor global de 360 mil euros. “Estes são os investimentos que nos têm motivado e que nos fazem acreditar que as parcerias são importantes para fazer avançar a ação social”, disse.

João Esteves destacou ainda todo o trabalho que o Município tem feito no âmbito da Rede Social do concelho naquilo que toca ao apoio às pessoas desfavorecidas, à população sénior, na integração de imigrantes, na promoção da igualdade de género, na criação de emprego e rendimento, na melhoria das condições de habitação das pessoas mais desfavorecidas, do apoio aos Lares e creches, obras de melhoria de instalações, aquisição de mobiliário, equipamentos ou viaturas, entre outras. 

Assim, solicitou à Ministra apoio para: reforçar as verbas dos Acordos de Transferências de Competências na área da Ação Social; apoiar as IPSS´s do concelho na melhoria e alargamento das suas instalações para prestar mais serviços sociais aos mais necessitados; reforço do PARES e do PRR; apoio para melhorar e ampliar a Casa de emergência para vitimas de violência doméstica e para criar uma nova resposta, acompanhamento e apartamento de pré-autonomização; em parceria com as autarquias, apoiar a fixação, regresso e a atração de pessoas para os territórios do interior.

Últimas Noticias

Últimos Podcasts

online casino Portugal