FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR

Regional

17 Jan 2023

Investidos 5,8 milhões de euros no litoral entre Viana e Esposende em seis anos

Pedro Xavier

Acessibilidade

T+

T-

Contraste Contraste
Ouvir
O Grupo de Ação Local (GAL) Costeiro do Litoral Norte registou, em seis anos, investimentos de 5,8 milhões de euros em projetos ligados ao mar e à náutica, desenvolvidos desde Esposende a Viana do Castelo.

Em comunicado, a Comunidade Intermunicipal (CIM do Alto Minho), entidade gestora do GAL Litoral Norte, explicou que “no período entre 2014 e 2020 registam-se um total de 22 operações aprovadas, das quais 15 de natureza pública e sete de iniciativa privada, totalizando um investimento elegível aprovado na ordem dos três milhões de euros, com um apoio do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP) de 2,3 milhões de euros”.

Já através do “programa +CO3SO Sistema de Apoios ao Emprego e ao Empreendedorismo, foram aprovadas 12 candidaturas, as quais representaram um total de investimento 1,2 milhões de euros, a que corresponde um apoio Fundo Social Europeu (FSE) de 900.710 euros, demonstrativo de uma boa procura por parte do tecido empresarial local”.

“Quanto às operações apoiadas pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito do NORTE 2020, foram aprovadas nove candidaturas de cariz público, com um volume de investimento de cerca de 1,6 milhões de euros, a que correspondeu um apoio FEDER de 1,2 milhões de euros”, especifica a nota.

Os dados foram apresentados, na quarta-feira, durante uma reunião do Conselho Geral da Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) Costeira Litoral Norte/GAL Litoral Norte.

No encontro, foram ainda discutidas “as orientações e linhas de ação para a construção da Estratégia de Desenvolvimento Local para o período 2021-2027, a desenvolver por este Grupo de Ação Local e a candidatar ao aviso do MAR 2030, até 28 de fevereiro”.

“No âmbito deste aviso de concurso, é intenção da CIM do Alto Minho, enquanto parceiro gestor da DLBC Costeira Litoral Norte/GAL Litoral Norte, apresentar uma candidatura para reconhecimento do GAL Litoral Norte e aprovação da sua nova Estratégia de Desenvolvimento Local, com as respetivas dotações financeiras para o seu território de intervenção, assim como a qualificação da parceria de entidades que integram este órgão”, sustenta a nota.

Segundo a CIM do Alto Minho, que tem sede em Ponte de Lima, “a preparação desta candidatura vem, naturalmente, na sequência da constituição e da ação desenvolvida pelo GAC Litoral Norte no período 2007-2013 (PROMAR) e do atual GAL Costeiro Litoral Norte 2014-2020 (Mar 2020), para, através de parcerias público-privadas locais, apoiar e desenvolver projetos que beneficiem as comunidades piscatórias locais”.

A candidatura assentará em “projetos com impacto no tecido económico local, relacionados, por exemplo, com centros de conhecimento e inovação – economia azul, geo e biodiversidade marinha, aldeias de mar ou redes de equipamentos e infraestruturas de apoio à comercialização e à visitação turística”.

O GAL Litoral Norte abrange as freguesias costeiras e estuarinas de Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença, ao longo dos 51,5 km de costa litoral e dos 30 km de curso do rio Minho, de Valença a Caminha, com um total de 98.960 habitantes, que representam 61% da população residente nos cinco concelhos.
O GAL Costeiro do Litoral Norte é um organismo intermédio para a gestão dos fundos comunitários.

Últimas Noticias

Últimos Podcasts

online casino Portugal